sábado, 20 de julho de 2019

Consórcio de Saúde terá sede própria e alimentação para pacientes da Policlínica de Jequié

Patrick Lopes assina ordem de serviços.
Nesta última quinta-feira (18) no auditório da Policlínica Regional de Jequié, aconteceu uma assembleia do Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região de Jequié (CISRJ). Na ocasião foi assinado pelo Presidente e Prefeito de Jitaúna, Patrick Lopes, a ordem de serviço para construção da sede própria do consórcio, além da implantação do serviço de alimentação gratuita para os pacientes da policlínica. Com essa ação, a Policlínica Regional de Jequié se tornará a primeira a oferecer esse tipo de serviço entre as policlínicas do estado. Na reunião que contou com as presenças de prefeitos e representantes dos 28 municípios consorciados, foi apresentado ainda prestação de contas da entidade e um programa de rastreamento do câncer de colo de útero e mama em parceria com o Hospital do Câncer de Barretos. “Fico muito feliz em assinar junto com os prefeitos de toda região a construção da sede própria do nosso consórcio e mais feliz ainda com esse serviço de alimentação gratuita para pessoas que são atendidas na Policlínica. Já somos pioneiros com os mutirões de saúde nos finais de semana, agora mais uma vez pioneiros em oferecer alimentação aos nossos pacientes.” disse o presidente Patrick Lopes a nossa reportagem. (Giro em Ipíaú)

Inaugurada nova sede da AATAE, que atua na prevenção e apoio a pacientes com câncer


Jequié: Inaugurada nova sede da AATAE, que atua na prevenção e apoio a pacientes com câncer

"Uma noite movida por muitas emoções", assim aconteceu a solenidade de inauguração da nova sede da Associação Acolher e Transformar: Amor Essencial, que foi criada com a finalidade primordial de apoiar os pacientes oncológicos e seus familiares de forma gratuita cadastrados na associação, contribuindo com informações sobre o tratamento de cada paciente associado, além de oferecer serviços de diagnóstico, promovendo e orientando campanhas de prevenção ao câncer. A AATAE, funciona com  ambulatório com equipe multiprofissional: médicos, nutricionistas, fisioterapeutas, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, técnicos de enfermagem, massoterapeutas, educador físico, advogados, artesanato, além de profissional de beleza, serviço espiritual (independente de religião ou crença) aproximando o paciente aos propósitos de sua fé.
Os departamentos da AATAE, são instruídos para divulgar suas ações filantrópicas, elevar a autoestima dos pacientes e no sucesso dos trabalhos também a autoestima dos colaboradores voluntários e seus patrocinadores, conquistando o apoio de outras entidades, empresas e pessoas individuais para contribuírem mensalmente com serviços, mensalidades para manutenção da associação.  
Muito já foi feito até aqui com ajuda dos colaboradores e veículos de imprensa local, porém acredita -se que ainda ha muito a si fazer, por assim entender, é aguardado da parte  dos entes públicos apoio aos serviços, campanhas e aparelhamento do seu ambulatório.
Inicialmente fundada com 90 (noventa) sócios, entre eles profissionais liberais, pacientes oncológicos e pessoas que simpatizam pela causa, a AATAE, desenvolve feiras de saúde e palestras em Jequié e cidades vizinhas, tendo recebido inclusive convite para contribuir com orientações em outras localidades mais distantes, a exemplo de Feira de Santana, entre outras. 
Conheça, colabore, compartilhe a nova sede está situada à Tv Coronel Costa Brito, 112, centro, Jequié-BA. (Jequié News)

PREFEITA DE ITIRUÇU TROCA JORGE SOLLA POR ANTÔNIO BRITO




No jogo do perde e ganha da política, mudança no quadro de apoios em Itiruçu. A prefeita Lorenna di Gregório trocou o deputado federal Jorge Solla, do PT, pelo deputado federal Antônio Brito. Foi tudo muito rápido e não se sabe ao certo o que ocorreu para o estremecimento da relação. Para uns, faltou votos nas urnas para o petista; para outros, a ausência de emendas pesou na decisão da prefeita que aproveitou o embalo e se filiou ao PSD do senador Otto Alencar que já conta com 97 prefeitos. (Jequié e Região)

sexta-feira, 19 de julho de 2019

Museu de Jequié recebeu exposição sobre cultura indígena e animais peçonhentos

Foi realizado, no Museu Histórico de Jequié, o projeto ‘Salve Boitatá, a serpente de fogo!’ que teve propósito comemorar o Ano Internacional das Línguas Indígenas com uma série de ações culturais relacionadas a cultura indígena. O projeto foi apresentado no museu nos dias 17 e 18 e contou com grande presença de alunos da rede pública de Jequié. Durante o evento aconteceram exposições com experimentos, jogos educativos, mostra de fotos e vídeos, teatro de fantoches, palestras e também a mostra de animais, como alguns répteis.
O secretário de Cultura e Turismo, Alysson Andrade, comentou a importância de mostras como esta para a cultura do município. “O Museu é esse local onde as famílias, as crianças tem essa interação e podem, por meio das ações executadas aqui, como as exposições, as mostras fotográficas, o acervo histórico, descobrir como é fundamental para as pessoas manter viva a cultura, a tradição, a arte”, afirmou Alysson. (Ronny Brayner – Jornalista - Jequié Repórter)

Rui Costa participa da abertura do Festival Internacional do Chocolate

A abertura da 11ª edição do Chocolat Bahia – Festival Internacional do Chocolate e Cacau, em Ilhéus, contou com a presença do governador Rui Costa na tarde desta quinta-feira (18). Realizado no Centro de Convenções do município, o festival tem a participação de 170 expositores e reúne 70 marcas de chocolate de origem. “Cada vez que venho ao evento, eu fico mais entusiasmado e otimista. Ele representa o ressurgimento da economia do cacau. Estamos saindo daquela lógica de exportar o cacau in natura para agregar valor. É impressionante a qualidade e a diversidade de produtos. Também já temos garantida a presença do estado na feira do chocolate de Paris”, afirmou Rui.
Considerado o maior evento de chocolate de origem do Brasil, o festival segue até o próximo domingo (21). “A expectativa é de mais de 60 mil pessoas em quatro dias de evento. É um público de todo Brasil e do exterior. O primeiro dia já é um sucesso absoluto. Estamos felizes com o resultado alcançado e, principalmente, porque conseguimos agregar valor na produção de cacau e colocar essa região no patamar que ela sempre esteve: de referência mundial na produção de cacau, chocolate e turismo”, explicou o organizador do Chocolat Bahia, Marco Lessa. O festival recebe apoio do Governo do Estado, por meio de diversas secretarias. Durante o evento, especialistas nacionais e internacionais discutem as tendências do setor no mundo. Palestras, workshops e cursos também fazem parte da programação. (Giro em Ipiaú)

Abertas inscrições para concurso com 33 vagas para a prefeitura de Seabra; salários chegam a R$ 2.557,73

Resultado de imagem para Cidade de Seabra Bahia

A Prefeitura de Seabra, na região da Chapa Diamantina, está com inscrições abertas para concurso público com 33 vagas. Há oportunidades para níveis fundamental, médio, técnico e superior. As inscrições, que começaram no dia 11 de julho, seguem até 11 de agosto.
Os salários variam de R$ 998 a R$2.557,73. A aplicação da prova objetiva está prevista para ocorrer em 6 de outubro (domingo).
Os interessados em participar da seleção devem fazer a inscrição através do site do organizador do certame. A taxa de inscrição varia entre R$70 e R$130, dependendo do nível.
Entre as oportunidades, tem vagas para motorista, pedreiro, pintor de obras, eletricista, almoxarife, agente comunitário de saúde, engenheiro civil, farmacêutico, motorista. Mais informações sobre o concurso estão disponíveis no edital. Informações do G1

PSD filia mais três prefeitos baianos na sigla

O PSD baiano em solenidade com as presenças do senador Otto Alencar, presidente do partido na Bahia e do deputado federal Antonio Brito, filiou mais três prefeitos na sigla: Lorenna di Gregório (Itiruçu), Silvany Barros (Manoel Vitorino) e Adonias Rocha (Boa Nova). O PSD, partido que mais cresce no Estado, agora possui 97 prefeitos. A reunião ocorreu na presença de 5 prefeitos, um vice-prefeito, ex-prefeitos, 4 vereadores (sendo dois presidentes da Câmara) e diversas lideranças políticas de Jaguaquara, Itapetinga, Maracás, Irajuba. (Jequié Repórter)

quinta-feira, 18 de julho de 2019

Governador Rui Costa nomeia 260 professores e 17 coordenadores pedagógicos

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), nomeou 260 professores e 17 coordenadores pedagógicos que foram aprovados no concurso público de 2018, conforme publicação no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (18). Os convocados devem entregar a documentação exigida nos locais e período indicados no edital de convocação. O concurso recebeu mais de 103 mil inscritos, divididos em 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), situados em Salvador e em outros 26 municípios do estado. A classificação é separada por cargo, pelo tipo de disciplina e pelo local (NTE). (Giro em Ipiaú)

CRIANÇAS DE ESCOLAS PÚBLICAS E PARTICULARES VISITAM EXPOSIÇÃO SOBRE ANIMAIS PEÇONHENTOS

Imagem: Souza Andrade
Crianças de escolas públicas e particulares participam da exposição e de outras atividades sobre animais peçonhentos promovidas pelo Núcleo de Ofiologia e Animais Peçonhentos da Universidade Federal da Bahia; Brazilae Consultoria Ambiental Ltda.; Via Bahia, concessionária responsável pela manutenção da BR 116; e Prefeitura de Jequié. Trata-se do projeto ‘Salve Boitatá, a serpente de fogo!’ que acontece no Museu Histórico João Carlos Borges. As ações começaram na quarta-feira (17jul19) e terminam nesta quinta.
O projeto, que é composto por um conjunto de ações educativas visando as comemorações do Ano Internacional das Línguas Indígenas, festejado em todo o planeta no ano de 2019, tem o objetivo de dialogar com o público sobre os animais peçonhentos, suas lendas e a origem dos nomes indígenas, contribuindo para aumentar a reflexão sobre a necessidade urgente de preservar, revitalizar e promover as línguas indígenas em todo o mundo. O museólogo Antônio Varjão informa que as atividades começam com as crianças participando de uma apresentação cultural e educativa, seguida de visita a duas salas com exposição de variedades de animais peçonhentos. (Jequie e Região)

Equipe da Secretaria de Infraestrutura do Governo da Bahia visita Distrito Industrial de Jequié

Nesta semana o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, João Leão, autorizou a elaboração de um projeto de requalificação do Distrito Industrial de Jequié que se encontra em situação precária há vários anos. Para dar início ao projeto, técnicos da Secretaria de Infraestrutura (SEINFRA) do Governo do Estado realizaram uma visita ao distrito para tomar as primeiras impressões do local.
“É desejo do Governo do Estado resolver as demandas do Centro Industrial de Jequié. Contudo, além do projeto para requalificação e orçamento para as obras de melhoria, precisamos equacionar o problema do déficit de arrecadação do distrito. Jequié é um dos mais importantes polos logísticos do estado e tem potencial de crescer”, afirmou o vice-governador do estado João Leão.
O Distrito Industrial de Jequié conta com as principais empresas que geram emprego no município, atualmente 47 delas estão instaladas no local, sendo que mais cinco estão em processos de implantação e dez áreas do distrito estão alocadas para empresas que já assinaram o Termo de Reserva para no futuro se instalarem no centro industrial. (Ronny Brayner – Jornalista - Jequié Repórter)
Políticos e empresários da região na reunião realizada em Salvador sobre o Distrito Industrial.

quarta-feira, 17 de julho de 2019

UNIVERSO COOPERATIVO

Nenhuma descrição de foto disponível.

SESSÃO CINECLUBE


SONORA BRASIL


Lançamento do livro "Os Ditames da Consciència" de Maribel Barreto.


Morre Vaqueiro, torcedor símbolo da ADJ.

Registramos com pesar o falecimento nesta quarta-feira (17), do funcionário público estadual e desportista Argeu Porto Magalhães “Vaqueiro”, torcedor símbolo da Associação Desportiva Jequié-ADJ. Torcedor apaixonado do Vasco da Gama, era empunhando a bandeira da ADJ ou comandando o espocar dos fogos de artifício na entrada da equipe em campo que “Vaqueiro” dava demonstrações do seu amor com a equipe de futebol profissional de Jequié. Na temporada de 2017, com o retorno da ADJ à Primeira Divisão do Campeonato Baiano, ele disse estar também “aposentando-se” por questões de saúde de acompanhar a equipe. O corpo do desportista está sendo velado na Pax Internacional, para sepultamento na quinta (18) em horário e cemitério ainda a serem confirmados por familiares. (Jequié Repórter)


“Vaqueiro”, o Torcedor Símbolo da Associação Desportiva Jequié.


                                                                                                       Charles Meira 

Argeo Magalhães (Vaqueiro) e Charles Meira
Homenagem da A. D. Jequié a Argeo Magalhães (Vaqueiro).
No dia 26 de fevereiro, Waldemir Vidal, Edísio Santana, Marli Silva e Charles Meira, fizeram uma visita a Argeo Magalhães (Vaqueiro) na sua residência para falar sobre a Associação Desportiva Jequié.  Depois de um longo bate-papo, foi marcada outra visita para o dia 01/03 ás 9h, devido ser necessário um período maior de tempo para entrevistá-lo. No dia e horário marcado, somente Charles Meira compareceu para fazer a matéria desejada.

Waldemir Vidal, Argeo (Vaqueiro), Edísio Santana e Marli Silva.
Argeo Porto Magalhães nasceu na cidade de Jequié – BA em 06/10 /1940. Filho do Caminhoneiro Almerindo Dantas Magalhães e Maura Porto Magalhães, que nasceram em Jequié e morreram em Salvador - BA. Casou-se com Dayse Santos Magalhães em setembro de 1965 no município de Jequié, com quem teve 03 filhos, que lhe deram 06 netos. O seu primeiro emprego foi na Rodoviária Estrela do Norte no Rio de Janeiro – RJ, exercendo o cargo de técnico Administrativo e aposentou-se na mesma função na Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (DIRES) em Jequié – BA no ano de 2002.

O Vascaino Argeo Magalhães (Vaqueiro).
No início da entrevista Argeo confidenciou que no dia que ele nasceu sua mãe disse: “amor o menino tem o saco preto e vai torcer pelo Vasco da Gama”. Cumpriram-se as palavras de Dona Maura e durante a idade de criança e de adolescente, Argeo foi somente torcedor deste time de futebol.

Argeo em pé e seu irmão sentado.
Em pé: Idael Quadros, Regina Maria (Madrinha) e Luiz. Agachados: Argeo, Ubirajara e Carlos no Colégio 2 de Julho em Salvador – BA.
Em 1969, com vinte e nove anos de idade, quando da realização de um jogo do Campeonato Intermunicipal de Futebol no Estádio Aníbal Brito entre a Seleção de Jequié 1 X 0 Seleção de Cachoeira, Argeo começou a torcer também pela seleção da sua cidade. Nesta época Argeo criou um instrumento para torcer chamado de “Matraca”, porém como não pode levar para torcer em Salvador, deixou de utilizá-lo. No dia 20 de outubro de 1969 Argeo estava na inauguração do estádio Waldomiro Borges, quando no jogo preliminar a Seleção de Jequié venceu por 3 X 0 a Seleção de Vitória da Conquista e o atacante Dilermando marcou o primeiro gol do estádio. No jogo principal o resultado foi Fluminense de Feira 0 X 0 Bangu do Rio de Janeiro.
Também contagiado com a vitória da nossa seleção, participou no dia 20 novembro de 1969 da reunião no Rotary de Jequié, junto com diversos abnegados do nosso futebol amador, que fundou o time de Jequié com o nome de Associação Desportiva Jequié e escolheu também as cores: Azul, Amarelo e Branco da sua camisa. “Argeo relatou que dos participantes da reunião somente ele e Evandro Lopes estão vivos.
 Com a profissionalização do time e a participação no Campeonato Baiano de Futebol no ano de 1970, Argeo passou a torcer pelo Jequié. Como torcedor, acompanhou o time em todos os jogos realizados no campeonato.

Fotografo Aroldo no Estádio Aníbal Brito lotado, jogo Seleção de Jequié 1 X 0 Seleção de Cachoeira em 1969. 
 Fez questão de contar primeiramente um episódio que ocorreu quando da realização de um destes jogos, que marcaria a vida dele como torcedor do Jequié. O fato aconteceu em uma partida na cidade de Jacobina. A torcida local começou a ofender a cidade de Jequié, chamando de terra de Bode, Boi, Vaca, onde somente tinha vaqueiro. Como na ocasião Argeo era o único torcedor do Jequié na arquibancada, inclusive com a sua inseparável bandeira, direcionaram para ele em coro as ofensas dizendo: “olha lá o vaqueiro, olha lá o vaqueiro”. Quando da viagem de retorno para Jequié os jogadores do Jequié: Maneca, Maíca, Zé Augusto, Dilermando e Tufu, que ouviram os xingamentos da torcida de Jacobina, começaram também a chamá-lo de “Vaqueiro”. Devido o fato corrido na cidade de Jacobina-BA, Argeo é conhecido hoje em Jequié, na Bahia, no Brasil e no mundo como “Vaqueiro de Jequié”.

Cada dia mais envolvido com o Jequié, “Vaqueiro” aprendeu também com um torcedor do Galícia no estádio da Fonte Nova em Salvador a colocar fogos de artifício. Com a colaboração de amigos, conseguia arrecadar o dinheiro para comprar os fogos. Quando não arrumava comprava com seu dinheiro, mas não faltava nos jogos realizados em Jequié, a tradicional rajada de fogos, quando o Jequié entrava em campo. E relacionado a este assunto contou que em um jogo contra o Bahia em Jequié, colocou fogos de uma bandeira de escanteio até a outra. No momento que tocou fogo, o gramado que estava seco também foi atingido e somente com a ajuda dos jogadores as chamas foram apagadas. 

Osvaldo Batista e Argeo Magalhães (Vaqueiro).
Sempre sorridente e bem humorado “Vaqueiro” falou de outro caso inusitado que sucedeu em um jogo entre Jequié 2 x 1 Bahia no Waldomirão. Na oportunidade, o juiz ficou preso em uma das dependências do estádio até depois da meia-noite, protegido pela Polícia Militar, porque a torcida do Jequié queria pegá-lo, devido o longo desconto concedido no final do jogo e como o campo não tinha iluminação, tudo estava escuro, não dava nem para enxergar a bola. O que levou torcida do Jequié pensar que o juiz queria que o Bahia empatasse o jogo.

Caricatura de Ageo Magalhães (Vaqueiro)
“Vaqueiro”, torcedor apaixonado, pensava em tudo para animar os torcedores e o time do Jequié. Com esse intuito, fundou a T.O.J (Torcida Organizada do Jequié), que tinha uma charanga e era comandada por Calango, com os instrumentos comprados pelo seu fundador. Outra estratégia utilizada pelo torcedor símbolo do Jequié era carregar e correr de um lado para o outro da arquibancada com sua bandeira que sempre teve o mesmo padrão, contendo nela um bode, um sol, o nome Jequié e as letras A.D.J, animando a torcida. Para enfeitar o estádio nos dias dos jogos do Jequié, em 2015 mandou fazer com seu dinheiro uma faixa medindo trinta metros de comprimento, contendo o nome da torcida organizada T.O.J. Para não ficar faltando nada em um time de futebol, “Vaqueiro” idealizou também um concurso para escolher o hino oficial do time do Jequié em parceria com o programa “Falando de Esportes” da FM Cidade Sol 94,9. Foi sugerido aos participantes que a letra teria que falar especialmente do Rio de Contas, do bairro e da pedra do Curral Novo, Barragem de Pedras e do Jequié. Na divulgação do resultado foi acordado pela comissão julgadora em fazer uma junção de frases das letras apresentadas pelos torcedores: Argeo, Grande e João Mendes. A melodia e o arranjo da música foram feitos por Rose & Banda e na gravação cantaram Wando Pereira e Rose & Banda. O hino oficial do Jequié foi aceito e aprovado em reunião de diretoria.

Paramos a entrevista por alguns minutos para atender a esposa de “Vaqueiro”, avisando que o café estava na mesa. Deixando o café para o final da conversa, o torcedor símbolo do Jequié prosseguiu citando o nome de alguns presidentes da Associação Desportiva Jequié como: Dr. Milton de Almeida Rabelo, Dr. Gerson Pelegrini, Juarez (Índio), Maneca Mesquita, Humberto Biondi, Gilson Fonseca, Maneca Sampaio, Jonas Almeida, Fernando Almeida, Olivaldo Ribeiro, Ewerton Almeida, Carlos Nascimento, Getúlio Ferreira da Luz, Marialvo Alves Meira, Jorge Amado, Vanderly Andrade, Francisco Carlos Almeida, José Fernandes (Zé Biu), Juarez Andrade (Bolinha) e em seguida muito tristonho contou que todo acervo que possuía do Jequié, foi queimado, quando aconteceu um incêndio na sua residência. 


Demonstrativos de despesas efetuadas na casa dos atletas do Jequié, pagas por Argeo “Vaqueiro”, sem ônus para a Associação Desportiva Jequié nos anos de 2013, 2014 e 2015.

“Vaqueiro” hoje possui apenas um caderno constando vários demonstrativos das despesas efetuadas na casa dos atletas do Jequié, pagas por ele, sem ônus para a Associação Desportiva Jequié nos anos de 2013, 2014 e 2015. Consta também nele classificação do time no Campeonato Baiano da segunda divisão, resultados de jogos, relação de nomes de Jogadores, relação de cartões amarelos e vermelhos recebidos pelos atletas nos jogos e um relato de uma emoção passada em 2015, quando do jogo Jequié 4 X 3 Fluminense de Feira, realizado em 17/05/2015 em Jequié ás 10h. Relata “Vaqueiro que o fluminense de Feira abriu o placar, o Jequié empatou, o fluminense virou o jogo, o Jequié empatou, o fluminense virou o jogo. Faltando cinco minutos para terminar o jogo, quando muitos torcedores estavam saindo do estádio, porém a charanga de Nengo e centenas de torcedores ficaram e alegraram-se na grande virada do Jequié, que gritavam “eu acredito, eu acredito”, iniciados por “Vaqueiro. Em seguida veio à resposta dos atletas do Jequié que conseguiram virar o jogo, fazendo dois gols em menos de cinco minutos, vitória maiúscula de Jequié 4 X 3 Fluminense. O deputado Leur Lomanto Junior premiou os Jogadores com um almoço no restaurante “Espeto de Ouro”.  Consta também no caderno, que no ano de 2015, como voluntário aceitou e foi nomeado pelo presidente da Associação Desportiva Jequié Juarez Almeida (Bolinha), como gerente da sede do Jequié.

Estádio Waldomiro Borges, jogo Jequié 0 X 3 Juazeiro, despedida de Argeo Magalhães “Vaqueiro” em 07/06/2015.
O último relato do livro é focalizado o motivo do afastamento de “Vaqueiro” de torcer pelo Jequié. No dia 25/05/2015, após consulta médica com o médico Dr. João Lantyer, deu a ele duas escolhas: ter uma vida mais longa ou antecipar um possível A.V. C, continuando suas atividades no envolvimento com o time do Jequié. “Vaqueiro” optou em ter mais tempo de vida. Na ocasião também foi impedido pelo médico de viajar para assistir os jogos do time do coração. No dia 27/05/2015, “Vaqueiro” tomou a determinação de deixar futebol. Manteve contato com “Cabeça” radialista da Radio Povo e contou a sua decisão. Falou para o profissional que se o Jequié vencer o jogo contra o time do Grapiuna em Itabuna - BA no dia 31/05/2015 ou até mesmo o Jequié seja campeão do acesso não mudaria sua decisão. No dia 02/06/2015 comunicou ao presidente Juarez Almeida (Bolinha) de uma cirurgia que tinha que fazer e a data de sua despedida que ocorreu no dia 07/06/2015. No término da entrevista, “Vaqueiro” disse que foi uma grande alegria e um imenso prazer ter sido um atuante torcedor do time do Jequié durante 45 anos.

Matéria editada na Revista Cotóxó.

Redes Sociais na Prática, uma palestra para protagonistas.



Que toda marca precisa estar nas redes sociais isso é um fato. Mas ter as  mídias digitais atualizadas, com conteúdos relevantes e que agreguem algo aos consumidores, é um desafio que nem sempre é driblado com sucesso. Por isso, o Instituto Baiano de Aprendizagem Profissional traz a palestra “ Redes Sociais na Prática: Você o protagonista do seu negócio” , na próxima quinta – feira (25), ás 19h no Centro de Cultura Antônio Carlos Magalhães, com o objetivo de ajudar as pessoas a terem mais êxito nas redes sociais.
A Palestrante, Samara Barreto, conta com uma vasta experiência na área. Ela que é Analista de sistemas, palestrante de Empreendedorismo, Consultora de Mídias Sociais na Innovate e Gestora de conteúdo para redes sociais, já desenvolveu mais de 200 projetos inclusive para fora do país. 
Samara ressalta que, “Conhecimento é poder, e, no dia 25 eu vou te ensinar como conseguir um negócio eficiente e lucrativo utilizando as redes sociais. Eu te convido a ser o protagonista do seu negócio e blindar o negócio da concorrência utilizando as estratégias corretas” 
Para José Alberto, o diretor executivo do IBAP, “Essa palestra é necessária a toda pessoa que quer adquirir credibilidade e vender mais pela internet, esse é mais um momento dedicado ao conhecimento com o selo de qualidade IBAP”.
O evento é destinado a empreendedores, profissionais de qualquer área e público em geral. O investimento é de apenas 60 reais. Os interessados podem inscrever-se através do link bit.ly/PalestraRedesSociaisSamara, ou contatar a equipe do IBAP no WhatsApp (73) 99122-0034 /(73)98849-5234/ 98889-0754. (Zenilton Meira)



Projeto Judô Ação é Campeã no Quadro de Medalhas do Circuito Baiano – 5º Etapa

Diego Santos teve participação de destaque na competição em Budapeste
O atleta Diego Santos estará retornando nas próximas horas a Jequié após participação iniciada na sexta-feira (11), no Grand Prix de Budapest/HUN, evento que faz parte do circuito mundial e distribuiu pontos para o ranking da categoria, Diego Santos ganhou as duas primeiras lutas e foi derrotado nas oitavas de final pelo atleta da Rússia, mesmo com a derrota Diego conquistou pontos importantes no ranking mundial.
No sábado (12) foi a vez dos atletas da equipe de alto rendimento do Projeto Judô Ação entrar em ação, no Circuito Baiano – 5º Etapa, o evento foi realizado pela FEBAJU – Federação Baiana de Judô, na cidade de Simões Filho/BA e contou com a participação de 504 atletas de várias cidades do estado da Bahia, e a cidade de Jequié subiu mais uma vez no ponto mais alto do pódio com o Projeto Judô Ação, que conquistou 29 medalhas sendo 18 de Ouro, 06 de Prata e 05 de Bronze e liderou o quadro de medalhas do evento.
“Foi um final de semana muito bom para o Judô Ação, os atletas lutaram com muita garra e determinação e mostraram que estamos no caminho certo e que o trabalho tem que continuar cada vez mais forte, parabéns a todos os atletas em especial ao atleta Diego Santos que levou a nossa bandeira para o circuito mundial de Judô, muito obrigado a todos os nossos parceiros e patrocinadores que acreditam no nosso trabalho, essas vitórias são de todos vocês”, comentou o coordenador do projeto Arlon Ferreira. (Jequié Repórter)

Aberta no Museu Histórico de Jequie a exposição "Salve Boitatá - A Serpente de Fogo".


Nesta quarta-feira 17/07/2019, aconteceu no Museu Histórico de Jequié, espaço coordenado pelo Museólogo Antônio Varjão a abertura da exposição "Salve Boitatá - A Serpente de Fogo", evento que trata do conjunto de Ações Educativas do Núcleo de Ofiologia e Animais Peçonhentos da UFBA (NOAP/UFBA) em parceria com a ViaBahia e a Secretaria de Cultura e Turismo de Jequié. A exposição que acontece no nosso município, é patrocinada pela ViaBahia em atendimento ao plano de educação ambiental, visando também as comemorações do Ano Internacional das Línguas Indígenas, festejado em todo o planeta no ano de 2019. Durante todo o dia, vários alunos de diversos colégios do município visitaram o espaço e aprenderam sobre os animais peçonhentos, as lendas e os nomes dados pelos povos indígenas. Teremos exposição com experimentos, jogos educativos, Rede de Zoologia Interativa, Mostra de fotos e vídeos, além de teatro de fantoches e palestras. A exposição será encerrada no final da tarde desta quinta-feira.



Isys M. Souza - Bióloga/Analista Ambiental da Via Bahia.
Rejane Lira - Coordenadora do (NOAP) -
  Núcleo de Ofiologia e Animais Peçonhetos da Bahia.
João Pessoa, Jeane, Antônio Varjão e Charles Meira.