quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Iniciadas em Jequié as obras de recuperação do Aeroporto; prazo para conclusão é de 90 dias

Pavimento começa a ser recuperado. Foto: Blog Marcos Frahm
As obras de recuperação do Aeródromo Vicente Grillo em Jequié foram iniciadas nesta quarta-feira (13/11), pela empresa Setel, vencedora do processo licitatório realizado pela Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia, para executar os serviços de requalificação do pavimento asfáltico no equipamento aeroviário.
Máquinas e homens da Setel já estão operando no local e a informação obtida pelo Blog Marcos Frahm dão conta de que os trabalhos serão ininterruptos até o prazo de conclusão, 90 dias.
As obras, anseio da população local, incluem, inclusive, recuperação total do pavimento asfáltico e outros serviços que tornarão o aeroporto adequado para voos regulares. O investimento total do Governo do Estado será de R$ 1.921.462,85. (Marcos Frahm)

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Cantor evangélico Charles Meira e sua mãe Maria Letícia, visitaram a exposição "Soltileza esculturas e pinturas" no Museu Histórico de Jequié.


Maria Letícia e Charles Meira.

Na manhã desta quarta (13/11/2019), o cantor evangélico Charles Meira e sua mãe Maria Leticia da Silva Meira estiveram visitando a exposição de curta duração intitulada "Soltileza escultura e pinturas" do artista visual Jequieense, Augusto Barreto, o "Augus", que na noite desta terça foi aberta no Museu Histórico de Jequié, e ficará aberta à visitação até o próximo dia 29, com acesso gratuito. O cantor visualizou atentamente todos os quadros e esculturas expostos, belos trabalhos e a perfeita montagem deles no espaço. Durante a visita, Charles Meira elogiou bastante a exposição e parabenizou seu amigo e artista Augusto, a prefeitura, seu coordenador Antônio Varjão e os funcionários Jeane, Cida e classificou esta exposição como uma das mais bonitas já realizadas no museu. 





Prefeitura de Ibirataia prepara decoração natalina com garrafas PET

Pelo terceiro ano consecutivo, a Prefeitura Municipal de Ibirataia, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, promove o “Natal Espetacular” que traz novamente inclusão social e decoração natalina ambientalmente correta para espaços públicos do município. O “Natal Espetacular” tem como objetivo, utilizar técnicas de artesanato e reciclagem para confecção de enfeites natalinos feitos com garrafas PET. Assim, através da arte, passa a ser possível evitar o descarte impróprio de reciclados no meio ambiente. Dessa forma, sociedade e natureza são beneficiadas com essa ação.Os preparativos tiveram início há pouco menos de um mês e envolvem dezenas servidores municipais que trabalham na confecção, iluminação, montagem, pinturas e, nos próximos dias, arrumação das praças. A decoração será instalada nas praças Basílio Miguel de Souza, Isaías Ribeiro e no Distrito de Algodão. Terá além dos tradicionais bonecos de neves, velas, caixas de presentes, presépio e guirlandas, todos feitos com a reutilização de garrafas pets.Para a criação dessas peças, a prefeitura irá utilizar mais de 30 mil garrafas e está pedindo a doação das pets, que podem ser entregues no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e na sede da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (SEDESC). (Ascom/Prefeitura de Ibirataia) (Giro em Ipiaú)

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DAS ELEIÇÕES


A arte.

Dalva Rebouças
Arte
A arte
Parte
Sem dó nem piedade
Sai de dentro
Rasgando o véu da sabedoria
Tripudia Da cultura
Incontestável Dom.
Explode e cria
Recria
Recicla
Refaz
Adorna
Envia
Mensageira de conteúdos
Contidos
No âmago do ser
Arte é fé
E certeza
Colore o incolor
Invade a imaginação
E provoca a sublimação
O êxtase
O prazer!

31.10.2019

Minha inspiração foi a minha neta 
Lívia Oliveira Rebouças de Agustinho, 
que é pianista e caricaturista.
Dedico também a todos os amigos artistas.

4ª Queima Cultural Homens de Barro




Doce Mel acerta as contratações do atacante Robert e do volante Leandro Sobral

Os dois mais novos reforços do Doce Mel Esporte Clube são o atacante Robert e o volante Leandro Sobral. O experiente atacante de 34 anos acumula passagens por vários clubes do estado, entre eles o Vitória, Atlético de Alagoinhas, Colo Colo, Juazeirense e Bahia de Feira. Nessa temporada ele defendeu as cores do Jequié, e seu último clube foi o Rio Branco-ES, onde foi artilheiro da Copa Espírito Santo. Robert também foi vice-artilheiro do Baianão 2009, quando viveu fase extraordinária no Atlético de Alagoinhas.
Outro que está chegando é o volante Leandro Sobral.
Outro que está chegando é o volante Leandro Sobral, de 27 anos. O atleta tem passagens pelo Fluminense de Feira, Atlético de Alagoinhas, Altos-PI e Campinense-PB. Em 2019, o jogador atuou pelo Atlético de Alagoinhas no Baianão e defendeu o Fluminense de Feira na disputa da Série D do Brasileiro.
Joadson Bola renova contrato e seguirá no time
O jovem volante Joadson Bola, que participou da conquista da Série B do Baiano pelo Doce Mel, acertou sua permanência. O atleta figurou nas partidas decisivas contra o Olímpia, ocasião em que encaixou como uma luva, marcando muito forte e saindo com qualidade. Bola também teve passagem pelo futebol de Tocantins, quando defendeu o Interporto. (Giro/Romário Henderson)

JEQUIÉ SEDIOU SEMINÁRIO SOBRE ALTA PRODUTIVIDADE DO CACAUEIRO



Jequié sedia Seminário sobre Alta Produtividade do Cacaueiro


Jequié foi sede do Seminário: Manejo para Alta Produtividade do Cacaueiro, com a participação de dezenas de produtores rurais, técnicos da Ceplac, Sebrae, Banco do Nordeste e Prefeitura. O agrônomo da CEPLAC, Ivan Costa, falou sobre o Projeto 500 que prevê uma produção de 500 arrobas de cacau por hectare. Trata-se de um dos avanços mais importantes entre as ações desenvolvidas pela Ceplac ao longo dos anos. Graças a novas tecnologias, já tem produtores vendendo cacau ao preço de R$300,00, resultado de cacau fino, sem cheiro de fumaça, com excelente nível de fermentação. Segundo Ivan Costa, o Projeto 500 foi elaborado em 2005 e conta com 137 produtores trabalhando e buscando a alta produtividade. Souza Andrade - Jequié e Região)
Resultado de imagem para projeto 500 ceplac

Felisquié (Festa Literária Internacional do Sertão de Jequié)

Visualização da imagem

A Formação de leitores como desafio do Brasil atual é o tema da quarta edição da Felisquié
A campanha da Festa Literária “Eu giro para onde gira o sol” criada pela Publicar News prestigia o sertão de Jequié, seus escritores, personagens e poetas. O cineasta Glauber Rocha também será homenageado
Um dos mais esperados eventos literários do Sudoeste da Bahia, a Festa Literária Internacional do Sertão de Jequié, inicia a sua quarta edição no dia 28 de novembro de 2019, quinta-feira, na Câmara de Vereadores em Jequié e terá a “Leitura”, como tema principal. Os escritores Luís Cotrim, Pacífico Ribeiro, Wilson Novais, Heleusa Câmara e o cineasta Glauber Rocha serão os principais homenageados. Com o tema “A formação de leitores como desafio do Brasil atual”, o evento vai reunir uma programação variada, conduzida por autores da literatura nacional e internacional, com conferências, mesas-redondas, palestras e lançamento de livros.
As cantoras Ana Vitória e Flaviane vão abrilhantar a primeira noite da Felisquié interpretando as canções mais belas da MPB. O jornalista, professor, escritor e curador da Festa Literária Internacional do Sertão de Jequié, Domingos Ailton fará o pronunciamento de abertura: “A Felisquié representa o universo encantador do sertão de Jequié, além de promover uma interface entre a
literatura e outras linguagens artísticas”, define o autor do romance “Anésia Cauaçu”. Em seguida, a educadora jequieense e Embaixadora da Paz, Maribel Barreto dará início a primeira conferência intitulada “Leitura e consciência: um diálogo transformador”.
Na sexta-feira, 29/11, serão aguardadas, a historiadora e professora titular da UERJ, Maria Teresa Toríbio; as especialistas em marketing digital, digital influencer e produção de conteúdo, Samara Barreto, Márcia Nunes e Calila Galvão; os escritores Raiana Soares e Aurélio Nery, que vão participar da mesa-redonda “É top ler e escrever” e os jornalistas e apresentadores de TV e rádio, Carla Araújo (Rádio Excelsior) e Judson Almeida (TV Sudoeste), que vão abordar o tema “Leitura para um Jornalismo de qualidade”.
A tão esperada participação internacional da IV Edição da Felisquié vai ficar por conta do escritor e dramaturgo africano Francis Biedi, que vai fazer a palestra às 19h30, “Literatura de Camarões, ontem e hoje”, tendo como tradutora Gloria Terra, que é também agente editorial e diretora geral do Projeto Entrelinhas, que será apresentado no evento.
Na manhã de sábado, 30/11, às 8h, o primeiro encontro da família Cauaçu será um dos destaques da Festa Internacional do Sertão de Jequié. Promovido pelo jornalista, escritor e autor do romance “Anésia Cauaçu”, Domingos Ailton, o encontro reunirá vários integrantes da família em uma mesa-redonda intitulada “Cauaçus – Uma história que a Bahia, o Brasil e o mundo precisa conhecer”.
A cineasta Carollini Assis, criadora do roteiro para TV e cinema inspirado no romance de Anésia Cauaçu, será a mediadora da mesa, que terá a participação de Mecias Kawassu; Omero Lima e Aroldo Lima, neto e bisneto de Alcina, irmã de Anésia Cauaçu; Virginia Fernandes e Melissa Ferreira, neta e bisneta de Augusto Cauaçu, cujo o assassinato foi o estopim para a entrada da família no cangaço.
Cem anos se passaram desde que os Cauaçus sofreram perseguição dos coronéis e das forças policiais do governo e se dispersaram para várias localidades do Brasil, dentre elas: Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio
de Janeiro, São Paulo e Brasília. Alguns deles, inclusive, foram obrigados a mudar o sobrenome para conseguir sobreviver.
Ainda no sábado, a professora da UESB e curadora da Fligê, Ester Figueiredo vai falar sobre “Política do Livro, Leitura e Literatura na Bahia e no Brasil”; Ela dividirá à mesa com o deputado federal Waldenor Pereira Filho, relator da Lei do Livro e vice-presidente da Frente Parlamentar do Livro da Câmara dos Deputados.
No domingo, 1º/12, às 9h, os escritores Agô Santiago e Zanga Davis vão abrir os trabalhos com o tema “Devir e ancestralidade em poéticas negras”. Às 11h, a professora da UNEB e pesquisadora do tema “Educação em Prisões”, Kátia Barbosa fará a palestra “Leitura no Cárcere”.
Biografia de Irmã Dulce, um dos livros mais vendidos do país, será lançado na Felisquié
A Felisquié abrirá espaço para autores de livros de diversas temáticas, através do programa “Um dedo de prosa e poesia, uma ação do Projeto Páginas Formando Leitores do DCHL da UESB – Campus de Jequié”. Entre os lançamentos, teremos o livro “Patuá” da escritora Rosane Viana Jovelino e o livro plástico Bolha, do escritor e professor, Carvalho Neto.

Visualização da imagem
Irmã Dulce, a santa dos pobres.
Uma mesa-redonda reunirá no sábado à noite, 30/11, o representante das Obras sociais de Santa Dulce, o Frei João Paulo, e o autor da biografia “Irmã Dulce, a santa dos pobres”, escritor Graciliano Rocha. O livro, que está nas
principais listas semanais dos livros mais vendidos do país, será lançado no final da sua apresentação. A revista Veja considerou a obra como "a mais completa biografia sobre a freira baiana." Esse sucesso é resultado do trabalho de pesquisa do autor, que durante oito anos, analisou documentos encontrados no Brasil, nos Estados Unidos e na Itália.
Jequié, Cidade Sol
Visualização da imagem
Jequié, Cidade Sol.

Localizada no sudoeste da Bahia, distante 360 km de Salvador, Jequié é a cidade natal de grandes nomes da cultura brasileira como Waly Salomão, Ana Cecília Costa e Zéu Brito. A “Cidade Sol” como é conhecida reúne talentos e histórias surpreendentes. É de Jequié, a primeira cangaceira do Brasil, a heroína Anésia Cauaçu, tema do romance do também jequieense Domingos Ailton. Similar a sua heroína, o jornalista, escritor e curador da Festa Literária Internacional de Jequié, também é um desbravador. Mesmo com todas as dificuldades encontradas, ele conseguiu reunir a atriz Ana Cecília Costa, a cineasta Carollini Assis e a jornalista Cristina Serra no lançamento da Felisquié em 4 de outubro na UESB. Ainda assim, enfrenta dificuldades para obter patrocínio das empresas, principalmente para comprar as passagens e pagar as hospedagens para os palestrantes convidados. O mais impressionante é que nenhum deles cobrou cachê de participação. “É tudo por amor à arte”, resume Domingos Ailton.
Em parceria com a empresa de comunicação Publicar News, a quarta edição da Felisquié é produzida pela Cotoxó Comunicação e Consultoria, editora da Revista Cotoxó, que também realiza o Encontro dos Contadores de História da Bahia e dos Escritores e Poetas do Território do Médio Rio das Contas.
SERVIÇO: Lançamento oficial da quarta edição da FELISQUIÉ - Festa Literária Internacional do Sertão de Jequié – “Eu giro para onde gira o sol”
QUANDO: De 28 de novembro, quinta-feira, às 19h a 1º de dezembro, domingo, às 12h
ONDE: Câmara dos Vereadores de Jequié. O evento é gratuito, mas há necessidade de inscrição prévia. Acesse o site http://felisquie.com.br/ e faça a sua inscrição
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO: Publicar News
DIGITAL INFLUENCER: Márcia Nunes @felisquié
INFORMAÇÕES À IMPRENSA: Domingos Ailton - WhatsApp: (73) 99855 4323

Programação Oficial

IV EDIÇÃO DA FELISQUIÉ – FESTA LITERÁRIA INTERNACIONAL DO SERTÃO DE JEQUIÉ

28 DE NOVEMBRO – QUINTA-FEIRA
19h Musical com Ana Vitória e Flaviane
19h30 Solenidade de Abertura
20h Conferência: Leitura e consciência, um diálogo transformador
Palestrante: Maribel Barreto, escritora, professora e Embaixadora da Paz
Mediação: Adilson Gomes, poeta e professor da UFRB

29 DE NOVEMBRO – SEXTA-FEIRA
8h Conferência: Leitura na América Latina
Palestrante: Maria Teresa Toríbio, historiadora e professora titular da UERJ
Mediadora: Giseli Novais, professora do IFBA/Jequié
9h30 Mesa-redonda: Leitura e Mídias Sociais
Palestrantes: Calila Galvão, especialista em produção de conteúdo; Márcia Nunes, empreendedora, social mídia e digital influencer; Samara Barreto, analista de sistema e consultora de mídias sociais
Mediadora: Evelli Pinheiro, fotógrafa
10h30 Homenagem a Pacífico Ribeiro
Tema: Pacífico Ribeiro: Um canto poético de amor a Jequié
Palestrantes: Araguaci Ribeiro, advogada; Anísio de Assis Filho, professor da UESB
Mediação: Elaine Teixeira Novaes, professora e presidente do Conselho Municipal de Educação.
14h “Top é ler e escrever”
Palestrantes: Raiana Soares, escritora e professora; Aurélio Nery, escritor e estudante do curso de Letras da UESB – Campus de Jequié
Mediadora: Letícia Araújo, escritora e aluna do curso de Letras da UESB- Campus de Jequié
15h Mesa-redonda: “Literatura de autoria feminina”
Palestrante: Adriana Abreu, professora da UESB
Mediação: Elane Nardotto, professora do IFBA
16h Homenagem ao jornalista e poeta Wilson Novais: “A singularidade do poeta e jornalista Wilson Novais”
Palestrantes: Wilson Novaes Junior, jornalista e radialista; Messiane de Jesus Santos, aluna do curso de Letras da UESB- Campus de Jequié
Mediação: Júlio Lucas, escritor, poeta e presidente da Academia de Letras de Jequié.
17h Mesa-redonda: “Leitura para um jornalismo de qualidade”
Palestrantes: Carla Araújo, jornalista; Judson Almeida, jornalista
Mediação: Raimundo Matos, professor, escritor, jornalista e articulista da Revista Cotoxó
18h Um dedo de prosa e poesia e lançamento de livros - Projeto Páginas Formando Leitores da UESB, Campus de Jequié
Lançamento: “Plástico bolha” de Carvalho Neto, escritor e professor
Lançamento: “O assassino dos números” de Marcio Nery, escritor e Prefeito do Campus de Jequié da UESB
Lançamento: “Democracia golpeada” de Luís Rogério Cosme, poeta e professor
Lançamento: “Alquimia das Palavras” de Dirlêi Bonfim, poeta, compositor e professor
Lançamento: “Diferencial da Favela – Dos contos as poesias de quebrada” de Sandro Suçuarana, poeta
Mediação: Ana Sayonara Fagundes Marcelo – Professora da UESB
19h “Projeto Entrelinhas”
Palestrante: Glória Terra, tradutora, agente editorial e diretora geral do Projeto Entrelinhas
19h30 Literatura de Camarões, ontem e hoje
Palestrante: Francis Biedi, escritor e dramaturgo
Mediação: Zilda Freitas, escritora e professora da UESB

30 DE NOVEMBRO - SÁBADO
8h Primeiro Encontro dos “Cauaçus - Uma história que a Bahia, o Brasil e o mundo precisam conhecer”
Família Cauaçu: Mecias Kawassu, empresário; Melissa Ferreira, Servidora Pública Federal; Virginia Fernandes, professora; Omero Lima, mestre de obras; Aroldo Lima, empresário
Comentários: Domingos Ailton, escritor, jornalista, professor, editor da revista Cotoxó e curador da Felisquié.
Mediação: Carollini Assis, jornalista e cineasta
9h Manhã de autógrafo do romance “Anésia Cauaçu”, de Domingos Ailton.
9h30 Mesa-redonda: Política do Livro, Leitura e Literatura na Bahia e no Brasil
Palestrantes: Ester Figueiredo, professora da UESB/ Vitória da Conquista e curadora da Fligê; Waldenor Pereira Filho, Vice- Presidente da Frente do Livro da Câmara dos Deputados e relator da Lei do Livro
Mediação: Elane Nardotto, professora do IFBA/Jequié
10h Palavras Libertárias: A Produção Poética de Heleusa Figueira Câmara
Palestrantes: Cristina Leilane, escritora e professora; Luziêt Fontenele, professora da UESB
Mediação: Maria Afonsina Matos, escritora e professora.
14h Homenagem a Glauber Rocha: entre filmes e livros
Palestrantes: Rogério Luiz Oliveira, professor da UESB
Mediação: Tiago Henrique, jornalista
15h Homenagem: O vinho abre caminho: Luís Cotrim, o cronista da cotidianidade de Jequié
Palestrantes: Eliana Cotrim, empresária; Ivonildo Calheira, escritor e médico; Domingos Ailton, escritor, jornalista, professor, editor da Revista Cotoxó e curador da Felisquié; Linda Froés, professora e empresária; Elane Nardotto, professora do IFBA
Mediação: Marcelo Jovem, empresário
17h Um dedo de prosa e poesia e lançamento de livros - Projeto Páginas Formando Leitores da UESB – Campus de Jequié
Lançamento: “Garoto de programa: 500 tons de sexo” de Valdeck Almeida de Jesus
Lançamento: “Patuá” de Rosane Viana Jovelino
Mediação: Marivone Borges, professora da UESB e coordenadora do Páginas Formando Leitores
19h Mesa-redonda: Irmã Dulce, a santa dos pobres
Palestrantes: Graciliano Rocha, escritor e jornalista; Frei João Paulo, representante das Obras Sociais de Irmã Dulce
Mediação: Domingos Ailton, escritor, jornalista, professor, editor da revista Cotoxó e curador da Felisquié.
20h30 Lançamento do livro “Irmã Dulce, a santa dos pobres”, de Graciliano Rocha.

1º DE DEZEMBRO, DOMINGO
9h Mesa de Conversa - Devir e ancestralidade em poéticas negras
Palestrantes: Agô Jocevaldo Santiago, escritor; Zanga Davi Nunes, escritor
Mediação: Karla Carvalho, professora
10h Um dedo de prosa e poesia e lançamento de livros – Projeto Páginas Formando Leitores da UESB – Campus de Jequié
Lançamento: “Chama” – Antonio Ribeiro
Lançamento: “O Anjo” – Claudio Luiz
Lançamento: “Raízes: resgate ancestral” – Letícia Araújo
Mediação: Marivone Borges, professora da UESB
11h “Leituras no Cárcere”
Palestrante: Kátia Barbosa, professora UNEB, Campus I, Salvador
Mediação: Luziêt Fontenele, professora UESB, Campus de Jequié

terça-feira, 12 de novembro de 2019

Adnael Secão e Andreson renovam contrato com o Doce Mel

Os últimos dias foram de muitas novidades no Doce Mel Esporte Clube. Vários atletas estão sendo anunciados, e hoje o clube anunciou as renovações de contrato de duas peças importantes na conquista do título da Série B do Baiano, trata-se do zagueiro Andreson, que marcou um golaço na final, e do atacante Adnael Secão, eleito por muitos como o melhor jogador da equipe durante a competição. O elenco vai sendo montado para em poucos dias ser apresentado e já começar os treinamentos. Nesta terça-feira, 12, acontecerá o arbitral em Salvador, onde serão definidos detalhes do Baianão. (Giro/Romário Henderson)

Mas um ano se vai e obras da ferrovia continuam paradas.

Jornalista Ari Moura fez várias visitas as obras da ferrovia nestes últimos quatro anos. (Foto Agência AM).
Faltando menos de 50 dias para o final do ano de 2019, não se tem nenhuma informação sobre a conclusão das obras da ferrovia Oeste/Leste (Fiol) que passa pelo municipio de Jequié com o Lote 2. A reportagem deste blog esteve no canteiro de obras que fica no Distrito Industrial de Jequié e não teve com quem falar sobre o assunto, apenas um funcionário disse extra oficialmente de que as duas empresas que ainda se encontravam no local estavam saindo porque já teriam cumprido o contrato firmado com a  VALEC Engenharia, Construções e Ferrovias S.A. Essa empresa é organizada sob a forma de sociedade anônima de capital fechado, controlada pela União e vinculada ao Ministério de Infraestrutura. Está sujeita ao regime jurídico das empresas privadas, inclusive quanto aos direitos e obrigações civis, comerciais, trabalhistas e tributárias.Tem por função social a construção e exploração de infraestrutura ferroviária. Pelo visto só vai ficar ela até o Governo Federal decidir o que vai fazer desta ferrovia. Para o municipio de Jequié as obras da ferrovia foram importantes porque chegou a empregar mais de 2 mil trabalhadores, vários imoveis foram alugados na cidade, o movimento no comercio cresceu houve um aquecimento da economia do municipio. Mas durou pouco (menos de 2 anos), e a obra parou com tantas denuncias que aconteceram prejudicando o andamento da obra. Agora ficam surgindo noticias de que o Governo Federal vai reiniciar que começa no inicio de cada ano e já se passaram mais de quatro e até agora nada. (Ari Moura)

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Jequié receberá estudantes de outros municípios para lançamento de coletânea literária nacional



Nesta quarta-feira, dia 13, às 14h, no Auditório Waly Salomão, na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), será realizado o lançamento da décima primeira coletânea literária, reunindo os melhores textos dos estudantes participantes do projeto de leitura ‘Ler é Bom. Experimente!’. O projeto acontece nas escolas de várias regiões do país e é desenvolvido pelo Grupo Projetos de Leitura, com aprovação do Ministério da Cidadania, através da Secretaria Especial da Cultura, com o objetivo de incentivar a leitura e a criatividade de estudantes de escolas públicas. O evento vai contar com a presença de estudantes, professores, secretários de educação e demais autoridades locais. Nesta segunda-feira, 11, o secretário municipal de Educação, o professor, Paulo Andrade, juntamente com o coordenador do projeto, o escritor, Laé de Souza, e a equipe técnica da Secretaria de Educação, estão visitando as escolas municipais participantes.
O livro contém um poema do escritor Laé de Souza, textos e histórias infantis de jovens escritores, de 8 a 17 anos, dos municípios baianos de Aurelino Leal, Condeúba, Cordeiros, Jacaraci, Manoel Vitorino; dos municípios mineiros, Conceição do Mato Dentro e Icaraí de Minas; de Lagoa Seca, na Paraíba; dos municípios paulistas de Cananéia, Ferraz de Vasconcelos, Guarujá, Iperó, Osasco, Santa Gertrudes, Santo André e São Paulo. Quinze textos selecionados para o livro são de estudantes de Jequié.
Todos os alunos participantes do projeto receberão exemplares dos livros “Acredite se quiser!” e “Quinho e o seu cãozinho – Férias na fazenda”, de Laé de Souza, para leitura, discussão dos temas propostos nas obras, adaptação para teatro, exercícios e outras atividades. As atividades do projeto nas escolas de Jequié, que tiveram os textos selecionados, foram coordenadas pelas professoras Adriana Almeida Barreto, Benaia Louzão Peixoto, Débora S. S. Aguiar, Helane de Almeida Raimundo, Rita Cristiane Bispo Barros, Joilma Reis Trindade, Lissandra Tavares Moreira Calais, Ludimila Silva Leite, Maria Geane Pereira Evangelista, Patrícia Barros Santos e Rita Cristiane Bispo Barros, que receberam uma cartilha pedagógica para auxiliar e executar as atividades dentro da sala de aula.
Os alunos que tiveram os seus textos selecionados foram: Renata Oliveira Santos, Cassiane Souza Ferreira, Daniel de Jesus Dias, Abraão Teles Nascimento, Maria Clara Santos Passos, Amanda Rebouças de Adorno, Erick Brito Pereira, Erick Fabio Silva Brito, Thauany Ayana Ribeiro Santos, Kézia Santos Guedes, Laura da Hora Bonfim, Luiza Fonseca Lima, Álvaro Gabriel Mota de Queiroz, Andreza Costa dos Santos e Elisa Clara Silva Luz. Estes alunos são do Centro Educacional Ministro Simões Filho, do Centro Educacional Presidente Médici, da Escola Municipal Doutor Joaquim Marques Monteiro, da Escola Municipal Doutor Joel Coelho Sá, da Escola Municipal Jornalista Fernando Barreto e da Escola Municipal União do Povo.
Para o coordenador do trabalho, o escritor Laé de Souza, a ideia é atrair todos os estudantes para uma participação ativa em um movimento literário na sua própria escola. (PMJequié)
“A disseminação da leitura na sala de aula, se bem orientada, poderá criar novos cidadãos apaixonados pela leitura e com vontade própria de ler. O professor é nosso parceiro e assume conosco a empreitada de fazer o aluno descobrir o prazer da leitura”, disse o escritor, Laé de Souza.

II Biosfeira movimentou bosque Borda da Mata em Jequié

Biosfeira contou com diversas apresentações culturais, entre elas o maculelê da APAE.
No último final de semana, aconteceu a II Biosfeira, evento que tem como tema a sustentabilidade e práticas voltadas a consciência ambiental. A Biosfeira deste ano contou com diversas apresentações culturais, como o maculelê da APAE, espetáculo de acrobacia em tecido, quinteto de cordas, além de show musical com o cantor Nuno Menezes e Pedro Neto e o coletivo do samba. A Biosfeira foi realizado no bosque Borda da Mata, no Jequiezinho, que foi completamente decorado para receber o público que compareceu no sábado (11) e domingo (12). Além das atrações culturais, a praça foi montada com estandes contendo artesanatos, brechó, cerveja artesanal, reciclagem, plantas, produtos naturais e muito mais. Eventos como este são importantes para movimentarem os espaços públicos da cidade, que muitas vezes acabam sendo subutilizados pela população por não serem atrativos Ronny Brayner – Jornalista - Jequié Repórter)

Soltileza - ESCULTURA E PINTURAS


“APAE de Jequié é referência positiva em assistência a pessoas com necessidades especiais”, enfatiza o deputado Antonio Brito

Ao participar na última sexta-feira (8), da solenidade de inauguração da primeira etapa do novo Núcleo de Oficinas da APAE de Jequié, no imóvel da antiga Escola Guiomar Ribeiro, instalações cedidas pelo Rotary Clube de Jequié, no bairro de Jequiezinho, o deputado federal Antonio Brito, deu seu testemunho da importância da instituição filantrópica, “referência há 40 anos no acolhimento e defesa do direito das pessoas com deficiência”, enfatizou o parlamentar. Brito preside por duas vezes a Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) da Câmara e tem como bandeira de luta em seus mandatos,  as entidades beneficentes e filantrópicas, “um importante desdobramento da luta em defesa dessas instituições”. O presidente da Santa Casa de Jequié, Alexandre Iossef, ressaltou o apoio da Fundação José Silveira-FJS, na adequação do prédio para receber as atividades promovidas e executadas pela APAE em Jequié.
O evento contou com as presenças de várias autoridades civis, militares e religiosos, dos presidentes Maristela Nascimento (Rotary Jequié) e Edson Cardoso (Rotary Norte) tendo na oportunidade, a  diretora da entidade, Moana Meira após agradecer às pessoas e entidades que apoiaram a ampliação, ressaltou que “a partir de agora com o núcleo de oficinas vai permitir o atendimento  ao público formado por crianças e adolescentes que vinha sendo assistidas na sede da entidade no bairro Mandacaru e que agora passam a contar com o novo espaço. A presidente da Apae/Jequié Rosângela Lucas agradeceu apoio de todos, reconhecendo que sem essas essas ajudas  a Apae não conseguiria realizar a sua missão” .  (Jequié Repórter)

Projeto Judô Ação participa de Seletiva em Fortaleza e tem atletas entre os melhores


O Projeto judô Ação, da cidade de Jequié esteve participando em Fortaleza nos últimos dias 07,08 e 09, da Seletiva Nacional Sub 21, evento realizado pela Confederação Brasileira de Judô e pela Confederação Brasileira de Clubes que aconteceu no BNB club de Fortaleza.
Essa Seletiva deu aos oito (08) melhores colocados, de suas respectivas categorias vaga para o Meeting sub 21, em Janeiro do ano que vem em São Paulo, além de contar pontos para o ranking nacional. Ao todo o evento contou a participação de quase 482 judocas, entre esses estavam a delegação Jequieense do Judô Ação, dirigida pelo Sansei Diego Santos, responsável técnico do grupo.

 

O judoca Marcel Assunção, do Projeto Judô Ação, que atualmente está entre os cinco melhores do Brasil em sua categoria ( + de 100 Kg) garantiu sua classificação ao conquistar a terceira colocação na Seletiva.
Outra atletas do Judô Ação, que garantiu vaga entre os oitos melhores de sua categoria ( - 70 Kg) foi a judoca Karen Fernanda que ficou na 7ª colocação. (Solar Esportes/ Fotos Judô Ação)


Emprego: Mutirão de contratação de técnicos dia 19/11 em Jequié

Magali Chaves entrevistada pelo radialista Marcos Frahm

O BZM ficou sabendo por meio da supervisora regional, FLEM- Programa Primeiro Emprego, Magali Chaves, sobre uma grande oportunidade de emprego para concluintes de curso técnico. O governo da Bahia estará contratando estes profissionais em nossa microrregião.
De acordo com Magali Chaves, o Programa Primeiro Emprego visa reduzir a vulnerabilidade socioeconômica através da geração de emprego e renda para nossos jovens: Mais força para a juventude crescer. Com isso, será realizado um mutirão de contratação de técnicos no dia 19.nov.2019, no CEEP, a partir das 8h. Para participar do Programa é preciso ter concluído o curso Técnico em uma instituição do estado, tipo: CEEP, Polivalente, Cetep, Pio XII, Edilson Freire. É preciso ter concluído o curso Técnico! Compareça no CEEP, com todos os documentos pessoais, original e xérox, Carteira de trabalho e 2 fotos 3x4, não esqueça de levar o diploma de conclusão do curso. Temos vagas para Jequié, Apuarema, Itamari, Lajedo do Tabocal, Itiruçu, Maracás, Itagi, Ipiaú, Barra do Rocha, Jaguaquara, Itaquara, Nova Ibiá e Contendas do Sincorá. É uma grande oportunidade promovida pelo Governo do Estado através da FLEM, o Contrato são de dois anos, Um salário mínimo , com direito a vale alimentação, vale transporte e plano de saúde ( Planserv) (Zenilton Meira)

Prefeitura altera horário da coleta de lixo em Jequié

Prefeitura altera horário da coleta de lixo em Jequié

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Serviços Públicos, informa que, com a forte onda de calor que vem atingindo a cidade, o trabalho das equipes de limpeza urbana vai começar uma hora mais cedo, a partir desta segunda-feira, dia 11. O objetivo é evitar desconfortos e possíveis problemas de saúde, aos agentes de limpeza urbana, ocasionados pela alta temperatura. Portanto, fiquem atentos ao horário da coleta de lixo e não deixem de depositar os sacos de lixo uma hora mais cedo. (Junior Mascote)

domingo, 10 de novembro de 2019

Projeto "Milagre de Deus".


Nildão, Charles Meira e Ismael Lima.

Na manhã deste domingo (10/11/2019), aconteceu o Projeto Missionário "Milagre de Deus”, trabalho realizado pela Igreja Evangélica Vida Nova em Cristo, pastoreada por Renildo Andrade em frente ao Novo Mercado Cantinho do Grilo, situado na Avenida Senhor do Bomfim. O cantor evangélico Charles Meira, coordenador do projeto no violão, Ismael Lima "O Sanfoneiro de Jesus" no acordeon, Nildão no pandeiro, no som o pastor Maurício Teixeira, cantaram, tocaram, pregaram a palavra de Deus e também distribuídos CDs do cantor pelo proprietário do mercado para os seus 
clientes e moradores da localidade. Na oportunidade esteve participando do evento Antônio Varjão, coordenador do Museu Histórico de Jequié.

Pastor Mauricio Teixeira, Nildão, Charles Meira e Ismael Lima.

Doce Mel anuncia contratação de mais quatro reforços

O Doce Mel Esporte Clube segue se reforçando para a temporada 2020. O clube anunciou oficialmente as contratações dos zagueiros Helbert e João Pedro, do goleiro Jeferson e do volante Rafael Biziga. Helbert fez parte do time campeão da Série B do Baiano, enquanto João Pedro atuou no Sergipe, na disputa da Série D do Brasileiro e foi vice campeão estadual pelo Itabaiana. Já o goleiro Jeferson acumula passagens pelo Bahia, Femar-PB e Nacional de Patos-PB. Rafael tem passagens pelo Ferroviário-CE e o Pacajus-CE. Até o momento já foram cinco atletas confirmados. Além destes, Aderlan “Capela” já havia sido anunciado. (Giro/Romário Henderson)

Moradores do Joaquim Romão ajudam Campanha Natal Sem Fome

 Grupo de voluntários recebendo as doações da população. (Foto Produção).
A Campanha Natal Sem Fome 2019 começou na manhã de domingo (10.11.) pelo bairro do Joaquim Romão. Como sempre acontece a carreata da solidariedade passa em várias ruas do bairro arrecadando alimentos, recebendo sacolas e até cestas básicas completas como aconteceu na Rua Argemiro Melo. As participações do Corpo de Bombeiros (8º GBM), A Folha, Jequié FM, Naianne Som, Rotary Club Jequié Cidade Sol, Pax Nacional os Grupos Ação Sobre Rodas e Alto Giro. Com ausência de alguns voluntários os quatro jovens do grupo deram conta do recado passando de porta em porta para receberem as doações, debaixo de um Sol causticante começando as 8 horas e 40 minutos e concluindo as 12 horas e 15 minutos. Como não é possível passar por todas as ruas do bairro fica o apelo para as pessoas fazerem as doações entregando na portaria da Jequié FM no horário comercial durante a semana da mesma forma na Pax Nacional e no quartel do Corpo de Bombeiros. No próximo domingo (17.11.) a carreata da solidariedade vai visitar os bairros do Mandacaru e Itaigara. (Ari Moura)
Carreata da solidariedade passando pelas ruas do bairro do Joaquim Romão. (Foto Agência AM).  
      Equipe do jornal A Folha participa da campanha desde o inicio. (Foto Agência AM).