quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Sonhos

                                                                         Isabella Félix


http://3.bp.blogspot.com/_nMqovoZMGKk/S8UgDs2RGbI/AAAAAAAAArk/kXF_EwEIWOs/s1600/sonhos_portoamor_top.jpg  
  
O sonho é o combustível da humanidade. É a certeza de um jardim florido no plano de fundo da estrada enclausurada. É poder acreditar na essência, nos valores perdidos, na beleza avassaladora de uma criança a sorrir. Os sonhos revolucionaram épocas, quebraram tabus, libertaram correntes, transformaram mentes, abraçaram causas nobres e justas, encantaram e contagiaram gerações. Os sonhos tecem ideais humanos.  Assim foi com Gandhi e Martim Luther King com a revolução pacífica. Assim acontece com a luta negra contra o racismo. Assim segue as mulheres a favor da igualdade entre os sexos. Assim cantores como Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil conquistaram milhões de jovens fazendo-os acordar para o vergonhoso e triste quadro nacional da época: a Ditadura Militar. Assim os grandes cientistas alcançaram reconhecimento. Assim os poetas continuam nos apaixonando. Assim os livros e seus brilhantes escritores permanecem nos tele transportando para um lugar inalcançável e surreal, fazendo com que a história contamine nossos desejos secretos. Assim recomeça dia-a-dia a batalha de pessoas normais, grandes trabalhadores que vão à busca da sobrevivência, que apesar da desigualdade enfrenta mais uma rotina com um sorriso acolhedor. Assim com passadas firmes caminham meninos e meninas, com um caderno na mão e sonhos dantescos, construindo o futuro da nação.
É verdade, somos movidos por sonhos. Um pequeno sonho é como um verso de um singelo poema a ser rabiscado. As palavras surgem como uma flor entre espinhos. As estrofes aparecem colorindo o texto, recheando frases abandonadas. Assim são nossos sonhos, feitos rimas que dão ritmo ao som da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário